Compartilhe







Publicidade

Comunicação

RESUMO
O objetivo deste estudo foi, a partir da avaliação de linguagem de um grupo de 10 meninos com idades variando entre 6 e 13 anos e com a síndrome do cromossomo X frágil (SXF), caracterizar o nível de comunicação desses indivíduos a partir de escalas de desenvolvimento normal. Constatou-se que dentro desta amostra, os indivíduos apresentaram predominantemente forma de comunicação linguística (80%), atingindo o nível máximo de até 3 anos de idade. Concluiu-se que os dados obtidos confirmam o significativo atraso na aquisição e desenvolvimento da comunicação, necessitando, portanto, de intervenção precoce e especializada.
PALAVRAS-CHAVE: síndrome do X frágil, fala, linguagem, comunicação.
Leia o texto na íntegra





{* Google Analytcs *}