Compartilhe







Publicidade

Estudo da aquisição do sistema ortográfico de alunos de primeira à quarta séries do ensino fundamental de uma escola pública do município de Porto Alegre-RS

(Clarice Costa Rosa)




Clarice Costa Rosa. Estudo da aquisição do sistema ortográfico de alunos de primeira à quarta séries do ensino fundamental de uma escola pública do município de Porto Alegre-RS. 01/03/2009
-1v. -1p. Profissionalizante. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA - REABILITAÇÃO E INCLUSÃO
Orientador(es): Fleming Salvador Pedroso
Biblioteca Depositaria:

Email do autor:




Palavras - chave:



Área(s) do conhecimento:
FONOAUDIOLOGIA


Banca examinadora:
Erissandra Gomes

Fleming Salvador Pedroso

Maristela Padilha de Souza Rabbo


Linha(s) de pesquisa:
2. Programas de Reabilitação Pesquisa o desenvolvimento e a avaliação de programas de reabilitação e inclusão a partir da perspectiva interdisciplinar.


Agência(s) financiadora(s) do discente ou autor tese/dissertação:



Idioma(s):
Outro


Dependência administrativa
Particular


Resumo tese/dissertação:
Rosa; C, C. Estudo da aquisição do sistema ortográfico de alunos de primeira a quarta-série do ensino fundamental de uma escola do município de Porto Alegre –RS. 2009. 44 f. (Dissertação de Mestrado) – Porto Alegre (RS): Programa de Pós-graduação, Mestrado Profissionalizante em Reabilitação e Inclusão do Centro Universitário Metodista, do IPA; 2009. Objetivos: O presente estudo teve como objetivo verificar o aprendizado do sistema ortográfico durante as quatros primeiras séries do ensino fundamental de uma escola pública do município de Porto Alegre – RS, analisando o domínio na expressão escrita, classificando os erros da produção ortográfica, verificando os mais freqüentes e acompanhando a evolução dos mesmos nas séries subseqüentes, comparando o desempenho por série e por gênero. Métodos: foi realizado um estudo transversal na população de alunos de 1ª a 4ª série de uma Escola Estadual do município de Porto Alegre-RS. Esta escola continha 245 alunos matriculados nestas séries no início da pesquisa, dos quais 214 foram avaliados através do ditado padronizado do Teste de Desempenho Escolar – TDE, e 138 realizaram uma redação como avaliação complementar. Resultados: Foi observado que os níveis de suficiência no domínio da expressão escrita para cada série, que correspondem aos níveis médios e superiores, atingiram percentuais em torno de 60% nas 2ª e 3ª séries. Já na 4ª série, o nível de desempenho considerado inferior alcançou 53,6%. Através do ditado constatou-se que os erros de Representações múltiplas, Outras alterações, Omissões e Apoio na oralidade foram, por ordem, os mais freqüentes nessa população. Verificou-se que os erros de Representação Múltiplas foram os que representaram maio freqüência (14,76%), correspondendo a aproximadamente 1/3 dos valores totais da somatória percentual dos outros erros (33,72%). Constatou-se que, de uma maneira geral, os erros ortográficos diminuem progressivamente com a escolaridade. Quando comparado os diferentes tipos de erros ortográficos das quatro séries em conjunto, observou-se que houve uma diferença significativa entre as mesmas (P< 0,05), exceto para os erros de Junção-separação (P= 0,09), Confusão nas Terminações am x ão (P= 0,36) e Confusão entre Letras Parecidas (P= 0,27). No que se refere à comparação entre a 1ª e a 2ª série, encontram-se diferenças significativas na maioria dos erros ortográficos (P< 0,05), exceto para os erros de Confusão am x ão (P= 0,35), Trocas Surdas / Sonoras (P= 0,86) e Confusão entre Letras Parecidas (P= 0,19). Quando comparada a 2ª com a 3ª série, verificam-se diferenças significativas (P< 0,05) para os erros de Apoio na Oralidae, Generalização, Letras Parecidas e Inversões. Em relação a 3ª e a 4ª série, apenas os erros de Omissões apresentam diferença significativa (P= 0,021). Conclusão: Houve um nível de desempenho, em termos de acertos, equivalente entre séries, com um rebaixamento moderado para os alunos da 4ª série; que os erros no ditado do tipo Representações Múltiplas, Outras Alterações, Omissões e Apoio na Oralidade foram, por ordem, os mais freqüentes e, em geral, diminuíram progressivamente com a escolaridade; não houve diferença entre gêneros quanto a média de erros observados e diferentemente do que ocorreu com o ditado, os erros ortográficos na redação, se mantiveram numa freqüência similar entre as quatro séries. DESCRITORES: Escrita manual. Ortografia. Alfabetização. Aprendizagem



Veja mais artigos sobre Educacao de Surdos:



{* Google Analytcs *}